O que é a falcoaria?

A falcoaria é a parceira entre Homem e Ave de Presa estabelecida com o intuito de caçar presas selvagens no seu meio natural.

Esta é uma forma de caça completamente natural e ecológica que valoriza a beleza da interacção natural entre predador e presa, tal como ocorre desde há milénios, e não o número de capturas. A falcoaria (ou cetraria) convoca os seus praticantes à protecção do meio ambiente, ao conhecimento do mundo natural e à sua salvaguarda. 

Na prática distingue-se entre o alto-voo e o baixo-voo: 

  • 1. Alto-voo
  • 2. Baixo-voo
O alto-voo é o mais espectacular e também o mais difícil, o mais exigente e o que reúne um maior número dec condicionantes, a par de uma menor rentabilidade na captura de peças. Neste tipo de lance são usados falcões que perseguem as suas presas no ar durante grandes distâncias e muitas vezes a grande altura. Este foi, pela sua beleza, o lance clássico da falcoaria clássica europeia. O falcão necessita estar nas melhores condições físicas para conseguir superar a sua presa, uma vez que muitas das capturas dão-se em pleno voo.

A altanaria é considerada uma vertente do alto-voo. Neste lance, o falcão é solto antes da peça de caça levantar voo, de modo a que ascenda sobre o terreno de caça – “remontando” – até se colocar bem alto (centenas de metros), onde espera descrevendo pequenos círculos ou “tornos”. Após levantar-se a caça, o falcão mergulha, num perfurante e rapidíssimo voo picado, podendo atingir velocidades próximas dos 300 km/hora. A maioria das capturas ocorre em voo. Esta modalidade requer grandes espaços abertos, pouco arborizados.

Em baixo-voo, o lance é mais simples mas muito dinâmico e é um pouco mais produtivo na captura de peças de caça. Neste tipo de lance, a ave de presa saí do punho do cetreiro (ou de um poleiro proeminente) na perseguição da peça de caça. 

As aves de presa geralmente usadas neste tipo de lance são açores, búteos ou águias adequando-se à maioria dos terrenos.  Podem caçar-se aves e mamíferos.

Existem outras actividades que se aparentam e relacionam com a falcoaria, como são as demonstração de aves de presa, controlo de fauna, etc. No entanto, não se podem considerar como tal. Não condenamos estas actividades, pelo contrário, consideramos que são necessárias e importantes nos seus contextos, como por exemplo, na protecção da segurança aérea ou educação ambiental.